Connect with us

Educação

Dia Internacional do Estudante: uma homenagem em memória da bravura.

Published

on

Durante a Segunda Guerra Mundial, no território da já extinta Checoslováquia, estudantes universitários fizeram parte da resistência que se rebelou contra a ocupação nazista no país.

Com o crescimento da resistência a partir de 1939,  milhares de estudantes foram às ruas de Praga em 28 de outubro, unidos em um protesto contra a ocupação alemã. Cruelmente reprimidos, muitos ficaram feridos, incluindo um estudante de medicina chamado Jan Opletal, que faleceu semanas depois em consequência dos ferimentos. 

A morte de Opletal causou uma revolta ainda maior por parte dos estudantes universitários. Em 15 de novembro, dia do enterro do jovem, novos protestos eclodiram por parte da resistência estudantil. 

Foi então que, na madrugada de 17 de novembro de 1939, foi ordenado o fechamento de todas as universidades do país. Ao mesmo tempo, os nazistas invadiram a Sede da Federação Central de Estudantes Checoslovacos e atacaram os presentes – nove dirigentes estudantis foram fuzilados, e mais de mil estudantes foram levados para o campo de concentração de Sachsenhausen-Oranienburg. Não bastassem as mortes, 18 deles desapareceram após o atentado. 

Dois anos mais tarde, durante a reunião do Conselho Internacional de Estudantes em Londres, com participação de 26 países, a data de 17 de novembro foi estabelecida como Dia Internacional do Estudante, em homenagem aos universitários checoslovacos que deram suas vidas em defesa ao livre acesso à educação e à cultura.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.