Connect with us

Educação

3 mil bolsas de doutorado-sanduíche no exterior são oferecidas pelo MEC. Veja como participar.

A seleção interna dos candidatos nas instituições de educação superior irá acontecer até o dia 30 de abril. A inscrição na Capes vai de 2 a 16 de maio.

Published

on

O Ministério da Educação (MEC), por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), abriu, no dia 21 de março, o processo de seleção para a edição de 2024 do Programa Institucional de Doutorado-Sanduíche no Exterior (PDSE), que ofertará até 2.976 bolsas. O investimento é destinado ao fomento do intercâmbio científico e à qualificação acadêmica de pós-graduandos do Brasil em diferentes países.

Para ser beneficiado com uma bolsa, o candidato deve participar, até 30 de abril, de seleção interna na instituição de educação superior onde cursa o doutorado. Após essa etapa, começará a fase de inscrição no Sistema de Inscrições da Capes (SICAPES), que vai de 2 a 16 de maio. A publicação da relação dos aprovados está prevista para 19 de julho, e as atividades no exterior devem ter início entre setembro e novembro deste ano.

O selecionado receberá bolsa mensal, auxílios para deslocamento, instalação e seguro-saúde, além do adicional de localidade, quando for o caso. A duração dos benefícios varia de três a seis meses. Para participar, o candidato precisa estar matriculado em um curso de doutorado, comprovar qualificação para o PDSE e ter declaração de reconhecimento de fluência linguística assinada pelo coorientador no exterior e pelo orientador no Brasil.

A condição de brasileiro nato ou naturalizado também é exigida. No caso de estrangeiros, estes devem possuir visto de estudante ou autorização de residência no Brasil. Além disso, é necessário ter o identificador Orcid (Open Researcher and Contributor ID) válido no ato da inscrição e não ter recebido bolsa de doutorado-sanduíche anteriormente. Se o candidato for bolsista no doutorado com recursos federais, precisará pedir a suspensão ou o cancelamento do benefício.

Só poderão indicar candidatos os programas de pós-graduação com notas iguais ou superiores a 4 na Avaliação Quadrienal da Capes. Os cursos de doutorado novos podem apresentar propostas desde que já tenham sido reconhecidos pelo Conselho Nacional de Educação (CNE).

Os critérios de elegibilidade para o candidato e a instituição, assim como as etapas da seleção, estão detalhados no Edital 6/2024. Dúvidas podem ser encaminhadas para o e-mail pdse@capes.gov.br.

PDSE – Criado em 2006, o Programa Institucional de Doutorado-Sanduíche no Exterior permite que pós-graduandos matriculados em cursos de doutorado no Brasil façam parte de seus estudos em instituições estrangeiras. Ao final da bolsa, que dura entre quatro e seis meses, eles deverão retornar ao Brasil para a defesa da tese.

O PDSE complementa e aumenta as possibilidades de formação ofertadas no Brasil, expande a colaboração com cientistas do exterior, aumenta a visibilidade da produção científica brasileira e fortalece os programas de pós-graduação nacionais.

Fonte: GOV.BR

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *